Fatos e números do setor

Nossas fazendas

A agropecuária nos Estados Unidos

A agropecuária nos Estados UnidosOs vastos e diversificados solos e o clima variado - do quente, seco com espaços abertos do oeste às terras temperadas e ricas em nutrientes do Meio-Oeste e Nordeste as terras quentes e úmidas do sudeste - permitem que os Estados Unidos produzam leite o ano inteiro. As fazendas produtoras de lácteos de cada região utilizam as vantagens geográficas e os recursos de gestão de gado para produzir leite todos os dias do ano, um diferencial fundamental em relação às oscilações sazonais de fornecimento de outros países produtores.

Na verdade, os Estados Unidos são os maiores produtores individuais de leite bovino, com 93,4 milhões de toneladas de leite produzidas em 2014. Esse valor é três vezes maior do que a produção de leite combinada da Nova Zelândia e da Austrália. A produção leiteira dos EUA envolve 9,3 milhões de vacas em 50.000 fazendas agropecuárias em todos os 50 estados, com mais da metade do volume de 2014 vindo dos cinco estados mais produtivos: Califórnia, Wisconsin, Idaho, Nova Iorque e Pensilvânia. (Fonte: USDA)

O leite americano saudável começa com uma dieta rica em nutrientes

Independentemente da localização ou do tamanho do rebanho, os agropecuaristas americanos sabem que vacas saudáveis, bem cuidadas e submetidas a uma dieta nutritiva produzem leite saudável e de alta qualidade constantemente. Os agropecuaristas americanos trabalham junto com nutricionistas animais e veterinários para identificar a combinação certa de ingredientes para a ração visando a atender às necessidades nutricionais de suas vacas. Os componentes da dieta diária de uma vaca leiteira normalmente combinam feno (como alfafa ou grama), grãos (incluindo milho, trigo e cevada) e fontes de proteína (como soja e canola) com suplementos vitamínicos e minerais.  

Uma dieta planejada saudável e constante é combinada ao poderoso sistema digestivo das vacas leiteiras para maximizar os nutrientes e a produção de leite saudável e de alta qualidade o ano inteiro. O fornecimento constante é reforçado pela quase imperceptível variação entre as estações em termos de quantidade de ração e compostos de nutrientes, em contraste com o volume cíclico típico de vacas leiteiras que pastam, que é comum em algumas partes do mundo.   

Conforto do gado é principal prioridade de agropecuaristas americanos 

A maioria das fazendas agropecuárias é um negócio familiar. A experiência acumulada por diversas gerações deixaram os agropecuaristas mais conscientes do que seus rebanhos precisam para prosperar. Quanto ao ambiente, os celeiros do estilo americano são projetados para proteger as vacas do clima, incluindo vento e umidade. Os ventiladores de teto e jatos de água instalados nos celeiros refrescam as vacas no calor do verão. O tempo de descanso definido para as vacas também têm influência direta no volume de leite que elas produzem. Muitas vezes, os agropecuaristas americanos usam camas de areia e, mais recentemente, leitos de água para proporcionar o máximo de descanso e frescor.  

Eles trabalham o ano inteiro para garantir o conforto de seus rebanhos, pois vacas bem tratadas produzem mais leite. Na verdade, a média de produtividade anual atual de 10.100 kg por vaca americana é mais do que o dobro da média de 4.400 kg por vaca registrada em 1970. Para efeito de comparação, a produção anual por vaca atualmente é de 6.200 kg na União Europeia, 5.700 kg na Austrália e 4.300 kg na Nova Zelândia. (Fonte: USDA)